Pages

Saturday, 24 December 2011

Eh natal...

Uma data que nao me traz muitas lembrancas. Na minha casa a gente nao comemorava Natal, as vezes faziamos um jantar normal, soh pra nao fazer nada no dia. As vezes passavamos na praia, e ai nao faziamos nada, minha mae no dia seguinte soh reclamava de como a praia ficava suja, cheia de garrafas vazias etc. Arvore de natal foi algo que nunca existiu na minha casa, nao que me lembre. E por nao ter familia no Brasil, no dia de Natal obviamente nao iamos a casa de familiares comemorar. Mas acho que essa falta de tradicao natalina seja pelo fato da nossa religiao nao comemorar natal.

Na adolescencia, na vespera saia com amigos pra beber e visitar todos os amigos do bairro. Era divertido.

Desde que cheguei aqui, sempre comemorei com amigos, com um jantar, nada religioso, sem arvore, sem presentes. Mas passei a curtir a data. Meio que virou uma tradicao um jantar gostoso com amigos.

Desde que estou com o Aj, sempre passamos o Natal viajando, entao passava em branco mesmo.A gente montava nossa mini arvore em casa e iamos viajar. Neste natal tinhamos tudo marcado pra ir pro Marrocos, passar uns 10 dias incluindo natal la, so que por causa do que comentei no post anterior ele nao quis ir e cancelamos. E ja que aqui se comemora no dia de Natal, vamos passar com a familia dele, ter um amigo secreto, e conhecer o novo membro da familia, que nasceu ontem.

A todos que passam aqui, um otimo Natal! x

Sunday, 11 December 2011

Tirando a poeira daqui

Pois eh, sumi denovo.
Bastante coisa aconteceu nessas ultimas semanas.
O aniversario da Lali rolou bem, eu nao parei, mas achei mais tranquilo ter feito em casa mesmo, especialmente depois de decidirmos alugar um bouncy castle. Vou contar com detalhes e fotos depois no meu outro blog.

So que no dia da festa da Lali, aconteceu algo muito inesperado. O meu sogro faleceu, assim do nada. Ele era mais velho, uns 70 e tantos anos. A saude dele nao estava otima, mas ele estava super bem para a idade e condicoes dele. No dia da festa ele nao quis vir, disse que nao estava se sentindo bem e nao queria ir para o hospital. Achamos extranho ja que ele nao perdia uma oportunidade de estar perto do netos.
O irmao do Aj e a esposa que moravam com ele ficaram em casa, ja que ele esta redecorando a casa e a mulher dele gravidona.

E assim na hora que minha cunhada estava indo embora, o irmao liga e diz que os paramedicos estavam la e o pai nao estava respirando. Corremos pra la, uns 45 minutos de carro. Mas quase chegando la ficamos sabendo que ele ja tinha ido embora. Muito triste, mas acho que a pior parte foi o choque, pois foi super do nada, ja que ele estava bem, tendo um dia aparentemente normal.

Ficamos la por tres noites seguidas, com a familia, seguindo a tradicao indiana de quando alguem morre, e o Aj resolvendo mil coisas, ja que ele dos irmaos eh o que consegue ser mais organizado pra resolver toda burocracia etc.

No resto da semana iamos pra casa dormir e voltavamos pra casa do pai. A Lali ficou  com minha irma, que estava no dia da festa com outras amigas. Ainda bem pois elas arrumaram  a bagunca da festa e a Lali passou uma semana com a minha irma, sem ir pra escola.  Nada que ela tenha reclamado adora nao ir pra escola e ficar com a tia.

Tudo isso me fez pensar bastante sobre o quanto a gente nao esta preparado pra coisas desse tipo, e que eu tenho que aprender a dar muito mais valor as pessoas e momentos pois nunca se sabe o que vai acontecer.

***

Meu irmao chega amanha do Brasil, ele tem 13 anos e minha mae decidiu manda-lo antes, pouco mais de um mes antes dela. Ai ai que medo.....;-)